Testes à COVID-19 em 15 minutos? Já é possível

A farmacêutica portuguesa Biojam começou a fornecer testes rápidos de antigénio COVID-19, que permitem perceber, em apenas 15 minutos, se existe ou não infecção pelo novo coronavírus.

Os testes, chamados Nadal COVID-19 Ag e fabricados na Alemanha, possibilitam detectar, desde as primeiras 24 horas, uma proteína do vírus SARS-CoV-2 que permite determinar a infecção. A análise é feita com base numa amostra recolhida do trato respiratório. «Os resultados dos testes são obtidos em apenas 15 minutos, sem a necessidade de instrumentação, o que reduz significativamente os falsos positivos gerados por contaminação de outros testes», garante a empresa em comunicado.

Os testes rápidos de antigénio «preenchem assim uma lacuna de diagnóstico rápido na fase inicial da infecção, já que dispõem de uma janela de detecção similar à dos testes PCR», sublinha a empresa.

O objectivo é que os testes Nadal possam servir para testar casos de COVID-19 em grande escala – por exemplo, em empresas -, identificando rapidamente os indivíduos infectados e reduzindo assim a propagação do vírus. «Os testes rápidos de antigénio constituem a opção mais rápida e económica para as empresas que pretendam testar os seus colaboradores, combatendo assim o impacto económico e social associado à abstinência laboral imposta pelos períodos de quarentena. Desta forma, podem manter a sua actividade normal ao mesmo tempo que garantem a segurança de todos os colaboradores», frisa Carlos Monteiro, CEO e fundador do BioJam Holding Group.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...