Telhados viram arte no Complexo do Alemão

ola_rsA marca de gelados Olá (Kibon, no mercado brasileiro) está a promover até ao mês de Agosto a exposição “Deu na Telha” no Complexo do Alemão, no Brasil, que consiste na colocação de obras de arte nos telhados de algumas casas daquela favela. Um trabalho que conta com a participação da artista portuguesa Susana Anagua.

Para criar aquela que, segundo a Kibon, é a “primeira exibição aérea [de arte] no Brasil”, a marca utilizou lonas em vez de telas. Ao todo, estão expostos mais de 680 metros quadrados de pinturas, que podem ser vistas através do teleférico, entre as estações Baiana, Alemão/Kibon e Itararé. A iniciativa conta com a criatividade da Open, o braço de activação da Borghi/Lowe.

Com obras de artistas como os brasileiros Mana Bernardes e Walter Goldfarb, a portuguesa Susana Anagua e o espanhol Felipe Cardena, a exposição terá duas etapas, cada uma com a exposição de 11 obras. Numa primeira fase, que está a decorrer até Junho, o tema será a “Felicidade”, enquanto numa segunda etapa, entre Julho e Setembro, a exposição será dedicada ao tema da “Brasilidade” e poderá vir a incluir trabalhos dos próprios moradores da favela.

A Kibon está presente no Complexo do Alemão desde 2011 através de pontos de venda de gelados. «Este ano, queremos trazer mais cultura para a comunidade. Assim, o projecto “Deu na Telha” irá unir os moradores com os artistas, possibilitando uma troca de informações e vivências», afirma em nota de imprensa Isabel Masagão, responsável de Marketing da Kibon.

Veja aqui o filme da iniciativa:

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...