Televisão, hospitais e supermercados. Conheça as marcas mais relevantes em Portugal

À medida que a pandemia de COVID-19 evolui, também o top das marcas mais relevantes em Portugal sofre alterações. A 6 de Abril, o Continente era líder, logo seguido pela EDP e pela SIC. Avançando até ontem, dia 4 de Maio, o primeiro lugar passa a ser ocupado pela SIC e pela TVI, à frente dos hospitais São João/Curry Cabrail e do Continente.

O top faz parte do estudo “Brand Value Management” da OnStrategy, que também aponta para mudanças ao nível da Economia de Marca. Segundo o relatório, há dimensões que não controlamos e que podem impactar o negócio e o desempenho de uma marca. Considerando especificamente o novo coronavírus, a OnStrategy indica que as fontes externas (que não podem ser controladas) que os líderes mais receiam neste momento dizem respeito ao ambiente político, económico e social – regista-se uma subida de 19% em Março para 52% em Maio.

Por outro lado, as esferas que podem ser controladas são referentes a questões internas. Neste campo, o que gera mais preocupação são a presença no mercado, os colaboradores e o desempenho financeiro. No entanto, ao contrário do que se verifica com as fontes externas de preocupação, a tendência tem sido para diminuir e não para aumentar.

Ainda sobre aquilo que as marcas podem influenciar, a OnStrategy sublinha que é importante, por exemplo, apostar numa relação baseada em relevância e confiança. No mesmo sentido, devem ser tidos em consideração três conceitos: cidadania, serviço e governance. Serão eles os responsáveis por ajudar a manter ou construir uma boa reputação neste momento.

A experiência é outra das áreas destacadas pelo relatório. “Os stakeholders não vão perdoar uma má experiência”, esteja relacionada com um produto ou serviço. Segundo a OnStrategy, as marcas, a sua presença digital e os seus contact centers serão avaliados como nunca e terão um impacto na reputação e na relação com o público.

Saber onde estar presente (quais os canais mais eficazes) e colocar as pessoas acima dos lucros são outras sugestões para garantir que as marcas sobrevivem à pandemia. Junta-se ainda a esfera financeira, que lembra os gestores de protegerem o negócio, procurando implementar soluções que estejam alinhadas com o seu propósito. Estratégia e talento devem ser o foco.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...