Teckies: o ensino não pode continuar o mesmo

Os robôs também vão à escola. Pelo menos, os da Teckies. A startup está a introduzir robôs nas salas de aula para ajudar os alunos portugueses a aprenderem competências de programação e robótica, preparando-os para os empregos do futuro.

Texto de Daniel Almeida

Numa sala de aula comum haverá quadros, cadeiras e secretárias, computadores, manuais e todo o tipo de material escolar, e pouco mais. Mas, e se pelo meio existissem também robôs, para que os alunos pudessem aprender, desde pequenos, competências de robótica e programação? Esta é a proposta da Teckies, startup portuguesa que quer democratizar a utilização da robótica nas salas de aula.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Abril de 2020 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...