Sumol reforça optimismo em tempo de quarentena

Orgulhosamente optimistas. É desta forma que os co-creators da Sumol se apresentam em tempo de pandemia. Bárbara Inês, Gabriel Nazaré, Inês Costa Monteiro, Lua Albuquerque e Lourenço Katzenstein são alguns dos influenciadores que têm trabalhado com a marca de refrigerantes e que aceitaram prontamente o desafio de revelarem aquilo que querem fazer assim que o confinamento chegar ao fim.

A campanha, com criatividade da agência O Escritório, planeamento de meios da Initiative e gestão de redes sociais a cargo da Fullsix, faz parte de um conjunto de iniciativas que a Sumol está a levar a cabo para reforçar a relação com o público durante a crise sanitária que o País atravessa. Junta-se também uma renovada aposta na loja online Saborista, através da qual é possível comprar produtos da Sumol, mas também da Compal.

Filipe Guerreiro, Marketing manager de Refrigerantes e Águas da Sumol+Compal, conta à Marketeer que, no que à campanha diz respeito, a marca queria dizer algo de responsável mas inspirador. Por outro lado, também explica como sentiram necessidade de reforçar a loja Saborista, garantindo um serviço de conveniência e que oferece acesso a todo o portefólio de produtos.

Como surgiu a ideia de lançar este desafio aos co-creators da Sumol?

Os co-creators há muito que fazem parte do ADN da marca. São uma equipa de pessoas que na sua área de actuação (expressão artística, lifestyle, desporto, etc) têm a sua voz e influência amplificada muito pelo seu alcance digital. A marca Sumol integra esta equipa na criação dos seus conteúdos, ou seja, há uma partilha da gestão da marca em que passa o volante para terceiros poderem guiar e reinterpretarem Sumol pelos seus olhos.

No contexto actual, a Sumol pelo alcance que tem junto de um público de 18-25 anos, decidiu que deveria dizer algo de responsável mas inspirador, numa linguagem e mensagem próprias da marca, pegando pelo ângulo de que um espírito optimista é necessário para a resiliência e sanidade mental de todos nós.

Mesmo com as limitações de produção publicitária que o confinamento implica, foi evidente a solução de capitalizar o património relacional que a marca tem construído nos últimos anos e pedir aos seus diversos co-creators que se filmassem a responder à pergunta “qual é a primeira coisa que vais fazer?” A ideia da campanha é mostrar que, mesmo nos períodos mais sombrios, Sumol não deixa de ser o que é: uma marca orgulhosamente optimista.

A marca alterou de alguma forma a sua comunicação?

A Sumol adaptou a sua comunicação. A mensagem de autenticidade e o tom assertivo, positivo, de afirmação retratado na campanha de manifesto em 2019 “Orgulhosamente Sumol” mantém-se.

A adaptação passou por, desde meados de Março, rever as mensagens nos nossos canais (Instagram, TikTok, Facebook) para posts da marca em contexto de indoor e individuais sem fomentar convívios, mas mantendo positivismo e apelando #OrgulhosamenteEmCasa.

Em paralelo, a disponibilidade de tempo consequente do confinamento e agravado com a semana da Páscoa passada em casa, gerou um aumento de horas de mobile e procura de conteúdos. Desafiámos os co-creators Sumol a fazerem take-overs ao Instagram da marca e à hora marcada estavam live a assumir o protagonismo na nossa comunicação digital, mostrando aquilo que são e o que os move. A diversidade de conteúdos disponibilizados nestas últimas semanas passou pela fotografia, aulas de ginástica, aulas de dança, concertos e alguns testemunhos de percurso de vida, tudo enquanto respondiam às mensagens que iam chegando e interagiam com a audiência.

Além da campanha “Orgulhosamente optimistas”, a Sumol+Compal reforçou o serviço de entregas ao domicílio através da loja Saborista. É uma forma de se adaptarem à nova realidade?

A loja Saborista foi lançada há cinco anos e desde então tem sido uma plataforma e-commerce muito próxima dos nossos consumidores. Pela conveniência das entregas (gratuitas com um mínimo de compra de 20 euros como já era habitualmente), pela disponibilidade de mais de 200 artigos, todos os sabores, variedades, capacidades de todas as marcas da empresa Sumol+Compal.

Esta época levou-nos a dar um novo fôlego de visibilidade e eficiência logística (sobretudo na Grande Lisboa e Grande Porto com entregas em 48h, mantendo a cobertura nacional via CTT), atribuindo um desconto de 25% mediante a inserção do código #fiqueemcasa no processo de encomenda.

Acreditamos que será um projecto que irá crescer a curto prazo, pois em contexto de confinamento ganha efectivamente maior pertinência este canal directo com o consumidor.

Ainda antes desta novidade, notavam já mudanças no volume de encomendas online?

Sentimos um crescimento no cabaz junto dos clientes já registados na plataforma, mas ao trabalharmos a sua notoriedade, e com um reposicionamento mais focado no e-commerce, temos sentido em pouco tempo um crescimento de registos e encomendas diárias.

Quais são os produtos mais pedidos?

Os best-sellers do canal offline continuam a sê-lo no online. Interessante é o acesso a todo o portefólio. Enquanto em lojas offline há limitações de espaço, sobretudo nas lojas de proximidade, aqui o acesso é total ao portefólio de todas as marcas. Aquele sabor que tem dificuldade em encontrar? No Saborista tem! E isso nota-se nas encomendas.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...