Sugal investe 8 milhões de euros em embalagem da Tetra Pak

Se procurar pelo produto de tomate em pedaços da Guloso nas prateleiras do supermercado e não o encontrar, talvez seja porque está à procura da embalagem errada. A Sugal, proprietária da marca, investiu oito milhões de euros na adopção do sistema Tetra Recart da Tetra Pak na sua fábrica de Benavente. O investimento resulta na mudança da gama de produtos de tomate fresco pelado em pedaços da Guloso de latas para embalagens de cartão.

Segundo a Sugal, em comunicado, a novidade irá permitir “uma oferta anual adicional de 80 milhões de embalagens de produto para o mercado retalhista”, já que as novas linhas de montagem representam uma capacidade de enchimento de 24 mil embalagens por hora. A Sugal revela ainda que é a primeira empresa, em Portugal, a implementar o sistema Tetra Recart, pelo que “irá revolucionar a oferta no segmento”.

Nuno Saraiva, director de Marketing da Sugal, refere que o investimento surgiu para que a marca possa «ir ao encontro dos seus clientes retalhistas e consumidores». Isto porque as novas embalagens vêm acompanhadas de vantagens como a garantia de qualidade durante 24 meses, sem conservantes nem necessidade de refrigeração antes da sua abertura.

Para Tânia Caria, responsável da marca Guloso, o formato agora adoptado permite «o enchimento da gama de Pedaços da Guloso na fábrica de Benavente o que significa embalar em campanha a frescura do tomate do Ribatejo e começar a distribuí-la pelo mundo». Segundo a responsável, a embalagem Tetra Recart permitirá promover o produto da marca nos mercados externos.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...