Startup portuguesa quer ser Airbnb para os campos de jogos

Facilitar a marcação de jogos entre colegas e amigos é a missão a que a Field se propõe. A startup portuguesa criada por Pedro Balas e Guilherme Fontes nasceu das dificuldades sentidas pelos próprios fundadores na reserva de campos de futebol, padel ou ténis.

«Quando organizávamos um jogo de futebol entre amigos existiam sempre vários passos complicados. Criar grupo no WhatsApp com os interessados. Esperar que o número de jogadores fosse suficiente. Procurar um campo com horário disponível exigia vários telefonemas. Quando se encontrava um livre, finalmente podíamos reservar e esperar pelo dia do jogo», explica Pedro Balas.

A solução é a aplicação Field, que promete simplificar este processo. Primeiro que tudo, é necessário verificar a disponibilidade dos jogadores. Depois, é só abrir a app, ver quais os campos sugeridos, seleccionar o pretendido e escolher o horário. Feita a reserva, o passo seguinte é convidar os jogadores e proceder ao pagamento, sendo que a cada jogador é apresentado logo o valor dividido. As respectivas facturas são, depois, enviadas por email.

Já em funcionamento, a Field pretende introduzir novas funcionalidade no futuro. Em cima da mesa está a possibilidade de medir cada jogador medir a performance em campo e comparar, por exemplo, a velocidade a que correram ou os minutos que estiveram parados.

A Field também quer aumentar o leque de modalidades abrangidas e criar uma ferramenta que permita pesquisar jogadores nas proximidades para substituir desistências. No mesmo sentido, jogadores sem equipa deverão conseguir pesquisar equipas incompletas.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...