SIC é rainha dos generalistas e CMTV lidera informação

Entre os dias 16 e 22 deste mês, o número médio de notícias por dia, nos diferentes meios de informação nacionais, sobre o novo coronavírus triplicou face ao período anterior a 8 de Março. Dados da Marktest revelam que internet é o canal em que se nota a maior subida, com uma distância significativa da televisão em segundo lugar. Em imprensa e rádio, o número de notícias sobre a pandemia também tem vindo a aumentar mas de forma menos relevante.

Embora a internet seja o meio que mais cresce em termos de publicação diária de notícias sobre o tema, é a televisão que regista um impacto mais forte em termos de consumo. Com 42% da população em teletrabalho e as recomendações para que as pessoas fiquem em casa, as audiências dispararam.

Domingo é o dia da semana com a melhor audiência média: no dia 8, a audiência média tinha sido de 25,9%, passando para 31,6% no dia 15 e para 33,2% no dia 22. Segundo a Marktest, o crescimento do consumo verifica-se tanto nos canais Free-to-Air (FTA) como nos canais cabo e na categoria Outros (que inclui streaming, gravações com mais de sete dias e jogos de consola, por exemplo).

A SIC é líder no segmento de canais FTA, mantendo o primeiro lugar que já detinha antes da pandemia. Ainda assim, a Marktest nota que todos os canais disponíveis em sinal aberto viram as audiências aumentar, notando-se uma curva menos acentuada no caso da RTP2.

No campo dos canais informativos, a CMTV leva a taça, mas, uma vez mais, o percurso tem sido ascendente para todos os canais dedicados a conteúdos noticiosos

Segundo a Marktest, o aumento de consumo televisivo foi transversal a todos os escalões etários e classes sociais. Numa análise relativa ao período entre as 9h e as 18h, em que uma grande maioria dos portugueses costuma estar habitualmente a trabalhar fora de casa, nota-se um um acréscimo considerável de audiência média nos diferentes segmentos etários – com especial destaque para os 4-14 anos.

Menos publicidade na televisão

Excluindo a comunicação das próprias estações, regista-se uma descida na publicidade. em televisão. O tempo de publicidade nos canais FTA sofreu uma quebra de 4h34m no dia 22 de Março, face à média diária do período de 6 de Janeiro 08 de Março (média de 12h39m). Nos canais cabo, a descida é de 6h10m.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...