Sempre quis ir a um jantar de charutos? Siga para Norte

No próximo sábado, dia 18, a Enoteca 17.56 será a anfitriã de um jantar de charutos. Será no espaço da Real Companhia Velha em Vila Nova de Gaia que os adeptos de charutos terão oportunidade de fumar em harmonização com vinhos do Porto e receitas como sopa rica de peixe ou vazia na brasa com risotto de funcho e tomate seco.

Organizado em parceria com o Cigar Collectors Club, cuja casa a Norte é o Cigar Lounge da Enoteca 17.56, o jantar marca o lançamento oficial no mercado português do charuto La Quimera Double Robusto. Além desta referência de Nicarágua, estão prometidos outros dois charutos cubanos: Quai d’Orsay 50 e Robusto Custom Hand-Rolled fo CCC.

O valor do jantar é de 85 euros por pessoa, com tudo incluído. A sala dispõe apenas de 22 lugares para este evento, que visa também desenvolver a cultura do fumo. A receber os participantes estarão Stefan Heym (Cigar Collectors Club) e Pedro O. Silva Reis (Real Companhia Velha).

Segundo Stefan Heym, «a cultura do charuto vive-se de forma muito discreta» e a ideia do clube do qual é presidente é «quebrar barreiras, promovendo acções num contexto descontraído e sem fins lucrativos, para que os aficcionados se possam reunir para criar ligações, partilhar emoções e experiências à volta dos charutos». O mesmo responsável explica que a escolha do Cigar Lounge da Enoteca 17.56 para este fim deve-se ao facto de o espaço reunir as condições perfeitas.

Já Pedro O. Silva Reis lembra que a ligação da Real Companhia Velha aos charutos é antiga: na década de 90, a empresa promovia eventos de provas e cartas de degustação em Cuba. «Foi numa altura em que o meu pai viajava com alguma frequência para Cuba, onde trabalhávamos com um importador exclusivo chamado Enrico Garzaroli, proprietário do Graycliff Hotel, nas Bahamas, e da marca de charutos Graycliff. (…) Os charutos e o vinho do Porto sempre se deram bem!»

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...