Sea’Ya Family Surf Houses: férias com miúdos sem o carro cheio de tralha

Viajar em família sem levar a casa às costas é o lema da Sea’Ya Family Surf Houses, nova marca portuguesa de turismo para famílias que não dispensem mar, natureza e experiências locais nos momentos de descanso e lazer. Localizadas na aldeia da Charneca, em Cascais, as três vilas deste projecto ficam próximas da praia do Guincho e da serra de Sintra.

Cada uma das vilas é adaptada às necessidades da família que irá acolher, fazendo com que não seja necessário encher o carro de acessórios e equipamentos. Berços, camas de viagem, cadeiras de refeição, espreguiçadeiras, marsúpios, banheiras de bebé ou carrinhos de passeio são alguns dos artigos de puericultura ao dispor dos hóspedes.

«Imagine o que seria chegar de férias com crianças e entrar numa casa que tem os brinquedos adequados à idade das crianças, a banheira colocada no duche, as caminhas das crianças (berço ou alcofa) feitas com roupa lavada com detergente orgânico, cancelas nas escadas, barras nas camas, etc. No Sea’Ya Family Surf Houses temos tudo isso e muito mais, gratuito», sublinham Maria Saldanha e António Monteiro, o casal por detrás da marca.

A assegurar que os melhores produtos são oferecidos aos hóspedes está a 100% Bebé, parceira da Sea’Ya Family Surf Houses e responsável pela sua selecção. Além disso, também a própria arquitectura tem as famílias em mente: o chão exterior é antiderrapantes, os duches têm em consideração os mais novos, o chão é fácil de limpar e desinfectar e os terraços são vedados.

Segundo os responsáveis, a Sea’Ya Family Surf Houses destaca-se ainda pela decoração natural e rústica, pela ampla oferta de comodidas e pelas condições especiais para quem pratica desportos de mar. Não há televisão, mas há brinquedos da portuguesa Ludicenter, jogos de tabuleiro e actividades para realizar em família, desde aulas de surf, SUP, kitesurf ou windsurf a yoga, passeios a cavalo na praia ou caminhadas sob o mote Walking Mentorship. Também é possível alugar bicicletas eléctricas para explorar a serra.

O lado sustentável também não foi esquecido. Os plásticos são evitados, os detergentes são da EcoX (biodegradáveis, comprados a granel e produzidos a partir de matérias-primas de origem vegetal) e as amenities são em formato de recarga. Os hóspedes, por seu turno, são incentivados a reciclar ou a participar em acções de recolha de lixo na praia: «Estamos a fechar uma parceria com uma instituição de limpeza dos oceanos para que parte do nosso lucro reverta a favor das suas actividades», contam Maria Saldanha e António Monteiro. Querem também «capitalizar a excelente exposição solar do espaço e instalar painéis solares em todas as casas».

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...