Sapatos portugueses já chegam a 150 países

Pshoes_2São 150 os países, nos cinco continentes, que já importam produtos da indústria portuguesa de calçado. Nos últimos três anos as exportações portuguesas deste sector entraram em 18 países tão díspares como Costa Rica, Iémen, Síria, Vietname e Tanzânia!

Como resultado desta diversificação, as exportações para fora da União Europeia mais do que duplicaram nos últimos quatro anos, salienta a edição de Abril da Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), citado pelo Oje. Aliás, o peso das vendas para a China, EUA, Japão e Rússia a respondem, agora, por 13% do total exportado, contra apenas 8% em 2008.

Globalmente, as exportações portuguesas de calçado aumentaram mais de 40% em valor desde 2009, para mais de 1700 milhões de euros em 2013. Em volume subiram de 63 para 74 milhões de pares, salienta o mesmo diário.

A APICCAPS destaca o crescimento registado “praticamente em todos os importantes mercados”, com as vendas para a União Europeia a aumentarem 31% para 1.513 milhões de euros, destacando-se os desempenhos de França (mais 19% para 428 milhões de euros), Alemanha (mais 38% para 318 milhões de euros) e Holanda (mais 41% para 234 milhões de euros). No mercado britânico as vendas de calçado português aumentaram 14%, e em Espanha 43%.

Fora da Europa o crescimento foi de 160% das vendas. O destaque vai para a Rússia (mais 491% para 49 milhões de euros), EUA (mais 237% para 27 milhões de euros), Angola (mais 107% para 26 milhões), Canadá (mais 237% para 18 milhões) e Japão (mais 126% para 15 milhões).

“Igualmente nesse período, as empresas portuguesas despertaram para a Austrália (vendas já próximas dos nove milhões de euros), China (mais de cinco milhões) e Emirados Árabes Unidos (próximo dos cinco milhões”, acrescenta a APICCAPS, citada pelo Oje.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...