Santa Casa procura famílias para acolher crianças em risco

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) quer devolver a infância às crianças em risco. Como? Através de uma campanha que visa encontrar famílias de acolhimento na capital portuguesa. Segundo a organização, trata-se de uma necessidade urgente e a intervenção dos cidadãos pode faze a diferença.

Sob o mote “LX Acolhe”, a campanha – com assinatura da Tux&Gill – é fruto de uma parceria com a Segurança Social, e mostra como as famílias de acolhimento podem desempenhar um papel importante no fim da institucionalização de menores, sobretudo de bebés e crianças até aos 6 anos. Segundo indica o jornal Expresso, só no distrito de Lisboa há 1250 crianças à espera de uma família.

A mesma publicação explica que as famílias de acolhimento permitem dar um lar às crianças que esperam pelo momento certo para voltar à família biológica ou que aguardam adopção. Actualmente, existem cerca de 150 famílias de acolhimento a nível nacional, sendo que em Lisboa não existe nenhuma.

Mas quem pode acolher crianças? Qualquer pessoa singular, casal ou pessoas que vivam juntas, desde que maiores de 25 anos e sem cadastro criminal. Também não podem ser candidatos à adopção.

Cada família pode acolher, no máximo, duas crianças, salvo excepções relacionadas com irmãos. A compensação financeira, por seu turno, vai dos 520 aos cerca de 600 euros.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...