Sandra Leal Vera-Cruz: a directora da Coca-Cola que veste a camisola em que acredita

Não fosse a Coca-Cola uma marca que apaixona Sandra Leal Vera-Cruz desde nova e o coração podia não ter cedido à proposta que, há 13 anos, a fez deixar a Procter & Gamble. Agora chega a directora-geral da multinacional de bebidas em Portugal.

Texto de Maria João Lima

Passaram-se 20 anos desde que terminou a licenciatura em Gestão pelo ISEG e abraçou a Procter & Gamble (P&G), onde assumiria cargos em áreas como finanças, gestão de categoria, gestão de projectos com clientes, shopper marketing e consumer insights.

Mas bem antes de lá chegar, o caminho de Sandra Leal Vera-Cruz começara já a ser traçado. Foi na empresa dos pais, que se dedica à comercialização de ferramentas para metalo-mecânica e que nasceu na casa da família, que Sandra viu crescer em si o grande amor pela gestão e pelo trabalho empresarial. Ajudou-a a perceber o mundo em que gostaria de trabalhar. Nunca chegou a ser funcionária da empresa, mas deitava a mão a ajudar em tudo o que podia, entre contabilidade, gestão de stocks ou o atendimento de telefonemas. Mais tarde entraria pela parte comercial e pelas relações internacionais, acompanhando o pai em feiras. «Era a mão direita do meu pai nas negociações externas.»

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Julho de 2020 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...