Inovação no ADN

MARKETEER CONTENTS

Depois do Mónaco em 2017 e Roma em 2018, a cidade do Porto foi a escolhida para a realização do Samsung European Forum 2019, um evento que tem como objectivo apresentar todas as novidades da marca ao nível da electrónica de consumo para o mercado europeu. E foi precisamente no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, no decorrer do Samsung European Forum, que a Samsung Electronics Co.

apresentou o seu lineup de televisões QLED para 2019. Uma revelação que teve lugar antes do lançamento comercial dos produtos no retalho, tanto no mercado dos EUA, como no mercado europeu. Trata-se de uma tecnologia que equipa os equipamentos com maior longevidade, uma vez que a tecnologia Quantum Dot, por ser composta por partículas inorgânicas, que não se deterioram ao longo do tempo, não apresenta efeitos de desgaste como o burn-in. Além disso, esta tecnologia apresenta uma maior amplitude de pantones, com cores pretas mais escuras e profundas contrastando com cores mais vívidas, que proporcionam uma excelente experiência de visualização independentemente das condições de luminosidade.

“Outra grande diferença da tecnologia QLED está relacionada com o design, já que estes equipamentos têm uma ligação única invisível, através de um único cabo quase transparente que unifica todos os outros e que se liga a um só lugar, a One Connect Box, controlada por um único comando. Desta forma a Samsung consegue dar um aspecto mais estético às TV, acabar com os furos nas paredes e com o emaranhado de cabos que vemos nas televisões convencionais”, explica a marca.

Equipamentos da linha QLED

Entre os principais equipamentos desta linha encontram-se as televisões QLED 8K e 4K, incluindo a TV Samsung Q950R 8K, que se encontra disponível com dimensões entre as 65 e as 98 polegadas, assim como os modelos 4K Q90R, Q80R, Q70R e Q60R, com ofertas entre as 43 e as 82 polegadas. No total, a linha Samsung QLED de 2019 apresenta-se com mais de 20 modelos, alguns dos quais com dimensões generosas. «No último ano temos testemunhado a confiança e o carinho inflexíveis dos nossos clientes para com as TV QLED da Samsung, a nível global», disse Paulo Romeiro, Head of Marketing & Operations de Consumer Electronics na Samsung Portugal.

«Este ano, as nossas gamas QLED de 8K e 4K estão a aumentar a distância no mercado de TV de ultra grande formato e estamos orgulhosos por poder oferecer a nossa mais inovadora e imersiva linha de TV até hoje produzida.» A inclusão de mais televisões de grande dimensão neste lineup faz parte de uma estratégia mais abrangente da Samsung, que tem origem na mudança verificada na procura dos consumidores.

De acordo com a empresa IHS Markit, o mercado de TV de 75 polegadas, ou superiores, registou 2,1 milhões de unidades em 2018 e espera-se que cresça 43% para 3 milhões este ano e para 5,8 milhões de unidades até 2022. À semelhança do que se passa em outros mercados, os consumidores portugueses já começam a apostar em televisões com maior resolução e tamanho, ultrapassando os mitos tradicionais sobre não haver espaço na sala ou não combinar com a decoração. Esta tendência reflecte-se, também, no crescimento da compra das TV UHD 4K.

Segundo um estudo realizado em Portugal pela GfK no ano passado, 21% dos inquiridos optaram por uma TV entre 56 e 75 polegadas. No entanto, quando questionados sobre a intenção de compra futura, há um aumento significativo da intenção de comprar uma TV entre 56 e 75 polegadas, por 35% dos consumidores. Estes dados são a prova de que os consumidores não só querem televisões com uma resolução cada vez maior, mas com uma dimensão também superior. «Em Portugal, o maior driver na compra de uma nova TV continua a ser a qualidade de imagem. No entanto, a utilização deste ecrã principal nas casas portuguesas tem sofrido algumas alterações.

Hoje, já não há espectdores passivos. As pessoas não vêem simplesmente televisão. Usam-na! Como? Há uma nova dinâmica muito mais assente na interacção através da Smart TV, pelo que, para além das novas tecnologias, a oferta de conteúdos e a possibilidade de personalização são cada vez mais valorizadas pelo consumidor português», explica Paulo Romeiro. O consumidor português é também bastante sensível à oportunidade do “melhor negócio”.

Cada vez mais informado, o consumidor pesquisa e escolhe o modelo à sua medida e aguarda pelo momento certo para o comprar, via promoção de preço ou oferta de valor acrescentado. Como a compra de televisores está por norma relacionada com a realização de grandes eventos, principalmente desportivos, e sendo 2019 um ano calmo a este nível, a Samsung prevê um crescimento de mercado reduzido. No entanto, acredita que a tendência dos hábitos de consumo fique mais vincada através da conversão de FHD/HD para UHD e para TV de maior dimensão.

Facultar imagens mais detalhadas

Como parte do compromisso da Samsung em potenciar a sua tecnologia QLED, as televisões QLED de 2019 contam com tecnologia “Ultra Viewing Angle”, que reestrutura os painéis da TV para que a retroiluminação passe através do painel, distribuindo a luz de forma equilibrada no ecrã. Com esta tecnologia, as Samsung QLED de 2019 conseguem facultar imagens mais detalhadas, com pretos mais profundos e um ângulo de visualização mais alargado.

Além desta amplitude, as TV Samsung QLED de 2019 são modelos com iluminação directa (“Direct-Full-Array”), que possuem o mais sofisticado controlo de contraste, permitindo assim pretos mais profundos sem que as cores fiquem prejudicadas. Depois da sua inclusão nos modelos 8K, o “Quantum Processor” será agora aplicado nos modelos 4K, permitindo que as televisões Samsung QLED 4K disponibilizem qualquer tipo de conteúdo em diferentes resoluções com luminosidade superior, melhor qualidade de imagem e som optimizado em cada cena, através do Upscaling, que utiliza Inteligência Artificial.

Além disso, todos os modelos Samsung QLED TV de 2019 vão beneficiar de HDR10+, um formato premium de processamento de imagem, que torna as cenas com mais luz ainda mais claras e as pretas ainda mais escuras, ao optimizar o contraste em cada cena. As televisões Samsung QLED 8K vão ainda suportar transmissão HDMI 2.1 (8K 60P) e os utilizadores dos Samsung QLED 8K poderão também visualizar o conteúdo em elevada qualidade de imagem, através de serviços de streaming recorrendo à inovação Upscaling 8K baseado em Inteligência Artificial.

Durante o European Forum foram demonstradas soluções de realidade aumentada, para ajudar os participantes a experimentar virtualmente os produtos da Samsung e sua interacção com outros dispositivos num ambiente de retalho, com o objectivo de expandir a adopção da tecnologia no comércio local.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito