Rita Marques: «Acredito que em 2021 voltamos à normalidade»

Aquele que foi o principal sector exportador em 2019 – contribuiu com 8,7% para o PIB -, está a atravessar a maior crise de sempre. Mas a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, acredita que o trabalho público-privado vai trazer resultados e que se poderá voltar à normalidade em 2021.

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Foto de Paulo Alexandrino

Crescer em valor, diversificar no território e esbater mais ainda a sazonalidade, ao longo de todo o ano. Já em 2016 tinham sido estes os principais pilares definidos para que o sector do Turismo continuasse a crescer em Portugal. Depois de 2019 ter sido ano recorde, os dois primeiros meses de 2020 mantinham-se na onda dos dois dígitos – 10 e 12%, respectivamente –, até ter chegado a pandemia. Agora, o Governo, e em particular a Secretaria de Estado do Turismo, quer continuar a assegurar a rota de um sector maioritariamente gerido por privados e que em Abril teve uma paragem de 97%, o que impactou directamente perto de 400 mil portugueses.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Julho de 2020 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...