RFM é a rádio que mais cresce mas Comercial continua à frente

A Rádio Comercial inicia 2020 na liderança, com 19% de audiência acumulada de véspera (AAV) – o indicador utilizado habitualmente para definir qual a principal estação em Portugal. Face à vaga anterior, de Dezembro de 2019, verifica-se um crescimento de 0,5%.

A RFM, por seu turno, não vai além dos 18,7% de AAV mas regista um salto de 0,9% face ao período anterior, de acordo com os dados do Bareme Rádio da Marktest. Em termos de share de audiência e reach semanal, a RFM é vencedora: 25,7% e 38,2%, respectivamente versus 24,1% e 37,3% da Comercial.

No campo das rádios dirigidas ao público mais jovem, a Cidade vai à frente com 3,7% de AAV, embora registe uma descida de 0,3% em relação à vaga anterior. A Mega Hits, por seu turno, apresenta 2,9% de AAV e uma descida de 0,4%.

A Cidade também aparece em primeiro lugar em termos de share de audiência (2,6%) e reach semanal (10,4%). A Mega Hits fica ligeiramente atrás com 1,9% de share e 8,2% de reach.

Olhando para as principais rádios nacionais analisadas pelo Bareme Rádio, apenas a Comercial (+0,5%) e TSF (+0,2%) apresentam subidas no indicador de AAV. A Renascença estagnou e as restantes demonstram recuos.

Por grupos, a Media Capital Rádios (Comercial, M80, Smooth e Cidade) lidera a primeira vaga de 2020 com 27,9% de AAV, o que contrasta com os 26,8% do Grupo Renascença (RFM, Renascença e Mega Hits). A Media Capital Rádios também está em primeiro lugar em termos de share de audiência (37,7% versus 35,2% do Grupo Renascença), mas o mesmo não acontece com o reach semanal (50,6% versus 51,6% do Grupo Renascença).

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...