Quase metade das crianças de seis anos que usam internet na Europa acessam a redes sociais

networkingCerca de 42% das crianças com seis anos na Europa, que utilizam a internet, frequentam redes sociais, apesar de as regras das comunidades determinarem que é proibida a entrada de usuários menores de 14 anos.
Segundo dados do Eurobarometro, as crianças querem ver fotos e vídeos, além de fortalecer os laços de amizades. No entanto, a presença de crianças pequenas na web tem riscos elevados. O que mais aflige os pais é o cyberbullying, assédio feito por adultos, já que as crianças podem compartilhar dados e informações pessoas a internautas mal intencionados.
Christine Kormann, directora da Sociedade da Informação da Comissão Europeia, alertou para os riscos. «As crianças colocam informações como telefone e até mesmo a situação económica. O que também existe são materiais inadequados, como sexo e violência», disse ao El Pais.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...