Quando foi a última vez que mandou comida para o lixo?

Um consumidor preocupado e consciente. É desta forma que a Too Good To Go descreve os utilizadores da sua aplicação em Portugal, depois de ter realizado um questionário que ambicionava revelar o estado da luta contra o desperdício alimentar. Recorde-se que a Too Good To Go é uma app que permite levantar refeições que não foram servidas nos restaurantes e que, por isso, teriam como fim mais provável o caixote do lixo.

O estudo mostra que 53,1% dos utilizadores se assume como muito consciente da quantidade de comida que desperdiça, sendo que 18,2% afirma não desperdiçar de todo. Por entre as mais de 800 pessoas que responderam, apenas 3,6% assume não ter noção do volume de alimentos que desperdiça.

Destaque ainda para os 61,3% que diz desperdiçar, agora, menos comida do que era habitual antes. A Tood Good To Go considera que uma das causas para o desperdício alimentar em casa será a falta de informação ou conhecimento relativamente aos rótulos de validade.

Sobre este tema, a app quis saber qual a probabilidade de consumo de produtos após a data indicada junto à informação “Consumor de preferência antes de”: 51,6% afirma que é muito provável que isso acontece, 16,9% mostra-se mais reticente e diz que é pouco povável, ao passo que 1,9% garante que nunca consome alimentos depois dessa data.

Madalena Rugeroni, country manager da Too Good To Go Portugal, sublinha que muitas vezes é a falta de informação sobre a causa-efeito que nos impede de ter hábitos mais sustentáveis e conscientes.

«A situação de pandemia abalou de forma substancial as cadeias globais de abastecimento alimentar, todo o processo e as suas consequências ficaram mais visíveis aos olhos dos consumidores, mesmo os menos atentos. Contudo, também o respeito pelos alimentos e por todo o processo alimentar parece ter mudado – estamos todos mais conscientes da importância e do impacto das nossas compras e, principalmente, do valor da comida que vai muito para além do seu custo monetário», refere ainda a responsável.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...