Publicidade em Portugal vai crescer 3,3% em 2018

O mercado publicitário vai crescer no próximo ano, tanto em Portugal como a nível global. Considerando todos os mercados, o crescimento deverá ser de 5,2%, ascendendo aos 535 mil milhões de dólares (454 mil milhões de euros).

Por cá, as estimativas apontam para um aumento de 3,3%, de acordo com o estudo “Magna Global 2018” do Grupo IPG Mediabrands. O crescimento deverá ser “relativamente constante”, com o digital a ganhar terreno à TV de forma gradual.

A televisão em sinal aberto deverá cair 1,7% e os canais por subscrição deverão crescer 10%. O digital, por seu turno, continuará a ganhar relevância, prevendo-se uma subida de 18%.

O IPG Mediadbrands indica, ainda, que os jornais e revistas deverão cair 11 e 9%, respectivamente, no próximo ano. Já para a rádio, espera-se um aumento nos investimentos publicitários a rondar os 4%, ainda que abaixo do crescimento de 8,4% deste ano. Outdoor deverá crescer 4%.

Relativamente a 2017, Portugal deverá fechar o ano com receitas publicitárias na ordem dos 533 milhões de euros. A televisão (generalista e por subscrição) mantém-se como principal meio no mercado nacional, chamando a si quase metade das receitas publicitárias: 236 milhões de euros (-2,3% face ao ano passado). A televisão paga e multicanal cresceu, este ano, 7,5% para 58 milhões de euros.

Quanto ao digital, apresenta um peso de 22,5% no investimento publicitário de 2017. Outdoor, por seu turno, cresce 9,4% para 69 milhões de euros, este ano.

«Estas são boas notícias para o mercado nacional», refere Alberto Rui Pereira, CEO do IPG Mediabrands Portugal. Em comunicado, o responsável indica, ainda, que «apesar de ser um mercado em mudança, Portugal tem conseguido manter um crescimento competitivo em relação ao resto da Europa, resultado de um maior investimento por parte dos anunciantes».

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...