Procuram-se as 7 Maravilhas da Cultura Popular

Cultura Popular é o tema da próxima edição do concurso 7 Maravilhas, cujas candidaturas se encontram abertas até 1 de Março. Cada inscrição pode conter até sete patrimónios, adianta a organização, dando a conhecer as categorias disponíveis: Lendas e Mitos, Festas e Feiras, Músicas e Danças, Rituais e Costumes, Procissões e Romarias e Artefactos.

«A grande aposta deste ano passa por promover o Património Cultural Imaterial de Portugal, elevando a nossa Cultura Popular a um patamar de causa pública e de atracção turística», afirma Luís Segadães, presidente das 7 Maravilhas. O responsável acredita que o lado cultural de Portugal é um dos motivos pelos quais o destino está na moda.

«Fruto do nosso desenvolvimento social e cultural, e ao contrário de muitos países, que se renderam às maravilhas da globalização, resultando na indiferenciação e quebra de autenticidade, Portugal afirma-se hoje pelos seus valores únicos e pela dimensão da sua multiculturalidade, onde a expressão da sua autenticidade se encontra em cada um de nós, em cada aldeia, vila ou cidade», acrescenta Luís Segadães. E é esta autenticidade que a competição ambiciona homenagear.

O projecto 7 Maravilhas já distinguiu o melhor de Portugal em termos de História, Natureza, Gastronomia, Praias, Aldeias, Mesa e Doces. Agora, espera encontrar e reconhecer o património cultural que caracteriza o País.

A iniciativa será composta por eliminatórias distritais, duas semifinais e uma grande final, marcada para 5 de Setembro. Todas as etapas serão acompanhadas pela RTP1 e RTP Internacional, que asseguram a transmissão dos vários eventos. Este ano, os candidatos são votados por cada um dos 18 distritos e duas regiões autónomas, estando previstos 20 programas de daytime em directo, nos meses de Julho e Agosto.

Haverá, nesta fase, sete candidatos por distrito e regiões autónomas, num total de 140 patrimónios candidatos, sendo que em cada programa na RTP será apurado um pré-finalista que passa às semifinais. Haverá ainda um programa de repescagem.

Depois, os 28 pré-finalistas são divididos por sorteio pelas duas semifinais, que serão transmitidas em directo pela RTP. Catarina Furtado e José Carlos Malato voltam a ser os embaixadores do projecto e anfitriões destas galas.

«No ano passado, com a competição centrada nos Doces de Portugal, conseguimos uma mobilização nacional popular excepcional; este ano, a ambição é repetir o envolvimento dos portugueses em volta de elementos centrais da nossa identidade colectiva», comenta José Fragoso, director da RTP1 e RTP Internacional.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift