Prémio A Arte Chegou ao Colombo salta para o Museu Colecção Berardo

Arranca já na próxima semana, no dia 14, a exposição com as obras finalistas da primeira edição do Prémio A Arte Chegou ao Colombo, competição promovida pelo Centro Colombo para assinalar os 10 anos da iniciativa homónima. Os trabalhos poderão ser visitados no Museu Colecção Berardo, em Lisboa, até 23 de Maio. A entrada é livre.

Organizado em parceria com a agência State of the Art, o Prémio A Arte Chegou ao Colombo destinava-se a apoiar artistas emergentes, tendo resultado na selecção de 10 finalistas. Foram considerados critérios como estética, técnica e originalidade para chegar aos trabalhos eleitos.

“Sopro”, do Atelier Contencioso, é a obra vencedora e será uma das peças principais da exposição. Juntam-se as restantes nove finalistas, de áreas tão distintas como escultura ou instalação artística, assinadas por Adriana Proganó, Amante, Ana Malta Aka Numpàra, Duarte Perry, Henrique Neves, Manuel Rodrigues Almeida, Maria de Brito Matias, Nicoleta Sandulescu e Tomé Capa. Todos os trabalhos têm como ponto de partida o tema “O Impacto da pandemia de Covid-19”.

«São obras originais, diversas, que vão permitir aos visitantes reflectir sobre o impacto da pandemia de Covid-19 nas sociedades contemporâneas e nas nossas vidas em particular», comenta Rita Lougares, directora Artística do Museu Colecção Berardo e membro do júri responsável por eleger os finalistas.

Já Paulo Gomes, director do Centro Colombo, sublinha como o prémio representa um «novo impulso à criação de arte contemporânea», abrindo portas «para que os artistas emergentes possam também expor os seus trabalhos ao grande público».

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...