Pouca criatividade leva utilizadores a bloquear anúncios

O bloqueio de anúncios online continua a ser uma realidade, apesar de serem vários os apelos, nomeadamente por parte de meios de comunicação social, no sentido de evitar estes mecanismos. Pouca criatividade, falta de relevância, contextos inapropriados e cronologia imprecisa são os principais motivos que levam os utilizadores a bloquear os anúncios.

A conclusão é do estudo “Dimenson 2018” da Kantar Worldpanel, segundo o qual é necessário ser útil e divertido para assegurar a atenção e interesse do utilizador. Além disso, não é boa ideia tentar “encaixar o quadrado no círculo”, ou seja, forçar a implementação de conteúdos preparados para televisão em meios online.

Consistência é outra das palavras de ordem do estudo: consistência da mensagem e consistência da medição. No primeiro caso, as marcas devem ter em atenção que os conteúdos que partilham devem ser coerentes tanto nos meios pagos (publicidade convencional) como nos meios próprios.

No que respeita a medição, a Kantar Worldpanel aconselha a combinação de técnicas de meios de massa com meios sociais e monitorização editorial. Também neste sentido, o estudo revela que padrões de medição comuns a todas as plataformas e dispositivos continuam a ser um objectivo desejável para o sector.

O estudo “Dimenson 2018” foi elaborado com base nas respostas de consumidores de cinco mercados: Reino Unido, França, Estados Unidos da América, Brasil e China.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...