Portugueses são os europeus mais interessados no “carpooling”

carpoolDe acordo com os dados do Caderno Automóvel do Observador Cetelem 2013, a prática de “carpooling”, que consiste na partilha conjunta de uma viatura e na distribuição das despesas pelos passageiros, deperta o interesse de 43% dos portugueses, mas é apenas utilizada por 6% da população.

O estudo, que incide sobre as tendências do mercado automóvel na Europa, revela ainda que 36% dos portugueses, contra uma média europeia de 30%, vê com bons olhos uma outra opção de mobilidade, a da partilha de viatura (“car sharing”). Trata-se de um “serviço pago que permite ter acesso a uma viatura em regime self-service 24h, para utilizações ocasionais ou de curta duração”, explica o Cetelem em nota de imprensa.

Já o pacote de mobilidade que consiste em disponibilizar, contra pagamento de uma quantia periódica, veículos de qualquer tipo, de acordo com a necessidade, desperta o interesse de 33% dos portugueses, um número acima da média dos oito países analisados (31%).

«Para além dos serviços tradicionais de acompanhamento quanto aos financiamentos ou ao seguro do veículo, os distribuidores têm todo o interesse em propor novas soluções de serviços de mobilidade, nomeadamente, a partilha de veículo, o pacote de mobilidade e a utilização conjunta de viatura», refere Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem. «Isto, com a finalidade de captar clientes que até agora não eram automobilistas, quer por razões financeiras, quer por serem travados no seu desejo de possuir automóvel pelas diversas condicionantes impostas por essa posse», conclui.

O estudo resulta de inquéritos, conduzidos pela TNS Sofres, na Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Portugal, Reino Unido e Turquia. No total, foram inquiridos 4.830 indivíduos.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...