Portugueses passam quase 5 horas por dia a ver TV

Entre 2013 e 2019, o consumo de conteúdos em Portugal através da televisão baixou ligeiramente de 85 para 83%. No entanto, os portugueses parecem estar a passar mais tempo em frente a esta pequena caixa mágica: em Janeiro deste ano, o tempo médio diário de visionamento de televisão aumentou nove minutos para um total de 4h52m.

Os dados são do relatório Screen Scope de Janeiro de 2020 do Publicis Groupe, segundo o qual a Pay TV é responsável pela maior fatia de tempo de visionamento de TV em Portugal: 1h59m, registando-se um aumento de sete minutos em relação a Janeiro do ano passado.

Logo depois aparece a SIC, com 1h09m e uma subida de nove minutos. A TVI surge em terceiro lugar, com 47 minutos diários e uma quebra de 14 minutos face ao período homólogo. A RTP, por seu turno, registou 46 minutos e um aumento de seis minutos. A SIC é o canal Free-to-air com maior share e a CMTV o canal de Pay TV com maior share.

O mesmo relatório aponta para novos comportamentos: 58% dos portugueses assiste a conteúdos via streaming e 39% grava para ver mais tarde.

Em termos de pressão publicitária, o Publicis Groupe revela que a TVI é o canal com maior ocupação. Além disso, 99% do espaço publicitário entre as 7h e as 24h está ocupado, sendo que Lidl parece ser a marca com maior destaque. Seguem-se Continente, Intermaché, Nos e Griponal.

69% dos portugueses usa internet

O Screen Scope indica que 69% dos portugueses utiliza internet diariamente, 68% visita motores de busca, 46% acede a redes sociais e 37% recorre a sites de comparação de preços. Há ainda quem visite websites de marcas e produtos (33%) e quem consulte reviews de outros consumidores (32%).

No que às redes sociais diz respeito, o Facebook soma 5,1 milhões de utilizadores nacionais, seguindo-se o Instagram com quatro milhões. Pinterest e LinkedIn são as plataformas que se seguem na lista das mais populares: 2,2 milhões de utilizadores cada. O quinto lugar cabe ao Twitter, com 2,1 milhões de utilizadores, e o sexto ao Snapchat, com 1,4 milhões.

Para trocar mensagens instantâneas, o Messenger do Facebook é o preferido (4,3 milhões de utilizadores), à frente do WhatsApp (4,2 milhões) e Skype (1,9 milhões).

Quanto às principais interacções, o Publicis Groupe indica que 72% clicou no botão like/reacções do Facebok, 58% mandou mensagens a amigos e 55% leu notícias. No Instagram, 40% gostou de uma foto ou vídeo, 35% viu um vídeo e 33% fez upload de uma foto, em Janeiro.

Ainda no primeiro mês do ano, verificou-se uma diferença significativa entre Facebook e Instagram no que concerne as publicações mais populares. No Facebook, o top é liderado pela Sport Zone, Meo e Netflix. No Instagram, Rita Pereira e Lourenço Ortigão foram líderes.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...