Portugueses acompanham a pandemia através da TV e redes sociais

Quase 93% dos portugueses elege a televisão como o meio preferencial para acompanhar a evolução do novo coronavírus em Portugal. É o meio mais mencionado no estudo elaborado pela MultiDados em parceria com a Guess What, segundo o qual as redes sociais também desempenham um papel importante: 53% dos portugueses segue os novos desenvolvimentos através de plataformas como o Facebook ou Instagram.

O mesmo estudo indica que quase 46% dos portugueses recorre aos meios online do Serviço Nacional de Saúde e Direcção-Geral de Saúde para obter informação, o que demonstra um cuidado especial relativamente às fontes. Há ainda quem opte por outros sites (25,5%) e quem escolha ler jornais (16,3%).

Mais de 36% dos inquiridos diz estar sempre atento às notícias sobre o tema, 37% diz ver as notícias várias vezes ao dia e 25% diz acompanhar as informações sobre o vírus pelo menos uma vez por dia.

A MultiDados e Guess What revelam ainda que falência económica (62%) e mortalidade elevada (58%) são as principais preocupações dos portugueses neste momento. Seguem-se falência do Sistema Nacional de Saúde (46%) e desemprego (46%).

Os portugueses acreditam que a crise será forte e duradoura: 33,6% considera que a situação de Portugal apenas regressará à normalidade dentro de mais e três meses. Em caso de necessidade económica, 43% diz contar com o apoio dos amigos, sendo que apenas 1% pensa contar com ajuda económica do Governo.

Embora se mostrem conhecedores das medidas já implementadas para combater a propagação e os efeitos do COVID-19, os portugueses têm mais sugestões: ajuda económica às famílias (49%), suspensão do pagamento de contratos de água, luz, gás e comunicações (37%), intensificação da fiscalização das autoridades (37%) ou recolher obrigatório (41%), por exemplo.

O estudo foi realizado por via dos métodos CATI (telefónico) E CAWI (online) a uma base de dados de utilizadores registados na plataforma da multidados.com. Foram recolhidas e validadas mil respostas entre os dias 20 e 23 deste mês.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...