Portugal: revistas têm mais leitores do que os jornais

Os jornais conquistaram a atenção de 2,5 milhões de leitores portugueses, na segunda vaga do ano passado do Bareme Imprensa. Elaborado pela Marktest, este estudo revela que as revistas, por seu turno, registaram 3,3 milhões de leitores.

Estes valores correspondem a uma audiência média de 28,7%, no caso dos jornais, e de 38,7%, no caso das revistas. No total, a audiência média de imprensa, no mercado nacional, foi de 50,3% neste período: cerca de 4,3 milhões de portugueses leram ou folhearam a última edição de um dos títulos abrangidos pela análise.

A Marktest sublinha que são os homens quem mais lê meios de comunicação impressos, bem como os indivíduos entre os 35 e os 54 anos e os trabalhadores especializados. Os pequenos proprietários e pessoas de classes mais elevadas também correspondem a grupos demográficos em que a penetração é maior. A classe alta chega mesmo a apresentar índices de audiência média de imprensa 40% acima da média geral.

No sentido inverso, os portugueses com mais 64 anos e as pessoas da classe mais baixa são os que têm menos afinidade com este meio de comunicação.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...