“Portugal Chama” por um Verão sem incêndios

Alertar para os comportamentos de risco e sensibilizar a população para a importância que cada pessoa tem na minimização dos incêndios rurais graves é o objectivo de “Portugal Chama”, uma campanha que promove a união dos portugueses. A Águas do Algarve, empresa do Grupo Águas de Portugal, é a mais recente parceira da iniciativa.

“Ao longo dos anos, os incêndios florestais têm causado elevados prejuízos de cariz económico, social e ambiental, não apenas na nossa região algarvia, como em todo o País”, lembra a Águas do Algarve, justificando a aposta na associação à campanha. A participação da empresa consistirá na divulgação de mensagens de sensibilização para a prevenção de incêndios nos canais de comunicação internos e externos.

A Águas do Algarve recorda ainda os impactos sociais e económicos dos incêndios de 2017, com prejuízos de milhões de euros. Há também que considerar consequências para o ambiente, nomeadamente a destruição de ecossistemas.

Todos os anos, a floresta portuguesa sofre com os incêndios e cerca de 98% das ocorrências em Portugal Continental tem causa humana. É, por isso, urgente uma alteração de comportamentos, sublinha ainda a empresa de água.

“O perigo está aí e cabe a todos nós agirmos, limpando os terrenos, cuidando da terra e da floresta, realizando as queimas de forma correcta, cadastrando os terrenos, protegendo as aldeias e alertando para situações de risco”, explica a Águas do Algarve, dando já pistas de alguns cuidados a ter. Além disso, quem estiver perto de um incêndio deve ligar de imediato para o 112.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...