Porto Food Week reinventa-se e aposta no digital

Arranca já na próxima sexta-feira a segunda edição da Porto Food Week. Durante nove dias, 16 restaurantes vão dar a provar menus especiais, mas desta vez em regime de take-away ou delivery. A pandemia obrigou a repensar o evento, que este ano terá como principal pilar a segurança.

A Porto Food Week acontece de 12 a 20 de Junho, depois de ter sido adiada em virtude do COVID-19. Marcado originalmente para Março deste ano, o evento promovido pela Edições do Gosto e pela Inter Magazine apresenta agora uma Safe Edition, em que grande parte dos eventos físicos presenciais passa para o mundo virtual.

Ao todo, serão quatro rotas de restaurantes, oito almoços e jantares, duas conversas gastronómicas, seis demonstrações no Instagram e mais de 20 chefs prontos para dar sabor ao desconfinamento. Entre as actividades e convidados confirmados, a organização destaca a participação da Confraria das Rabanadas, a Ordem da Cabidela, uma ode às Tripas à Moda do Porto, um menu para fãs de Francesinha e, ainda, debates sobre crítica gastronómica e o impacto da comida no cérebro.

«À já famosa gastronomia tradicional juntamos visões contemporâneas. É um dos grandes encantos do Porto, a maneira como está a crescer uma comunidade forte na gastronomia. Numa altura em que os restaurantes regressam, a Porto Food Week, como parceira natural da restauração, diz-se “presente”, tanto para os que querem ir ao restaurante, como para os que querem ficar em casa», comenta Paulo Amado, programador do evento.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...