Porque da cortiça se faz muito mais que rolhas…

caso-sucesso_Agressividade comercial, eficiência operacional, lançamento de novos produtos e assinatura de parcerias em prol da valorização da cortiça são as grandes linhas de actuação da Corticeira Amorim.

A maior empresa do sector a nível mundial, e que promete continuar a inovar para reforçar mais ainda as suas quotas.

Sabia que os pavimentos de cortiça da Wicanders, marca premium da Amorim Revestimentos, foram seleccionados para a Sagrada Família, numa escolha da equipa de arquitectos responsável pela conclusão da obra de Gaudí? E que o Pavilhão de Portugal da Expo Xangai 2010, inteiramente revestido de cortiça cedida pela Corticeira Amorim, foi distinguido com o “Prémio de Design”, atribuído pelo Bureau International des Exhibitions? Ou, ainda, que a sua colecção de rolhas capsuladas premium Top Series foi seleccionada para o Dalmore Trinitas 64, o whisky mais caro do mundo (a edição limitada de três garrafas foi posta à venda por um preço que ronda as 100 mil libras)?

Estes são apenas três dos momentos mais recentes de reconhecimento internacional daquela que é a maior marca mundial de produtos de cortiça e uma das mais internacionais de todas as empresas portuguesas, com operações em dezenas de países, de todos os continentes: a Corticeira Amorim.

PARA LER O ARTIGO NA ÍNTEGRA CONSULTAR EDIÇÃO IMPRESSA Nº175

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...