Plataforma “Portugal Não Pára” ajuda empresas a adoptar o teletrabalho

Comunicação, colaboração e informação são as três áreas em que assenta a transição do trabalho em escritório para uma regime remoto, segundo indica a plataforma “Portugal Não Pára”. Criada pela Fullsix em parceria com a Microsoft e algumas empresas portuguesas especializadas em smartworking, esta plataforma pretende apoiar organizações que estejam a dar os primeiros passos no chamado teletrabalho.

Trata-se de um projecto solidário que se apresenta como um espaço onde as empresas podem encontrar recursos úteis, como documentação técnica, para continuarem a funcionar a partir de casa. Além de informação, são também disponibilizados serviços de suporte gratuitos. A Microsoft, por exemplo, está a oferecer seis meses de acesso ao Office 365 Plano E1.

Na plataforma há ainda um formulário de contacto que dá acesso a três horas de consultoria remota gratuita para ajudar na activação das ferramentas e no uso inicial das mesmas.

Armis, Bizdirect, Devscope, inCentea e Rumos são as empresas que se juntaram à Fullsix e Microsoft no arranque do projecto, mas outras companhias poderão juntar-se entretanto.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...