Pinterest com novas ferramentas de segmentação

PRINTEREST PARA SITEO Pinterest apenas recentemente abriu as portas aos anúncios, mas não quer perder tempo a aproximar-se de serviços mais sofisticados, como os do Facebook ou Twitter. A rede social acaba de anunciar novas ferramentas que permitirão aos anunciantes segmentar as suas mensagens através da importação de bases de dados.
De acordo com a AdAge, a opção de segmentação por bases de dados do Pinterest é semelhante à ferramenta de segmentação Custom Audience que o Facebook introduziu em Agosto de 2012. O serviço do Facebook permite aos anunciantes fazerem o upload de uma lista de contactos de e-mail ou números de telefone fornecidos à marca pelos próprios consumidores. Depois, a rede social liderada por Mark Zuckerberg utiliza um processo de encriptação chamado “hashing” que sincroniza a lista do anunciante com a sua própria base de dados de e-mails ou números de telefone. Os utilizadores que estejam em ambas as listas recebem, depois, os anúncios no seu News Feed. No início deste ano, o Twitter lançou uma ferramenta semelhante.
Ao longo da semana passada, o Pinterest havia, de certa forma, levantado o véu sobre os seus planos, depois de ter actualizado a sua política de privacidade, cujas alterações entram em vigor no próximo mês. «Apesar de ainda não termos as novas funcionalidades disponíveis para os anunciantes, estamos a desenvolver ferramentas de monitorização de conversas e segmetação de audiências e a actualização à política de privacidade é o que nos permite lançá-las», explica um porta-voz da rede social, citado pela AdAge. «Estas funcionalidades vão ajudar os nossos parceiros a perceber de que forma é que os anúncios impactam o seu negócio e como podem tornar os Pins Promovidos [anúncios pagos] ainda mais relevantes para os Pinners», acrescenta.

 

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...