Pinhais: a tradição é o segredo destas conservas

Aproximadamente 2,9 milhões de latas de conserva saem da Pinhais e entram, todos os anos, na casa de consumidores de países tão díspares como Áustria, EUA, Itália, França, Aruba, Curaçau, Dinamarca ou Holanda. Conheça a empresa de Matosinhos que, a completar 100 anos, exporta 90% da sua produção.

Texto de Maria João Lima

100 anos de tradição. É este o legado da Pinhais, conserveira de Matosinhos que nasceu em 1920 do desejo de quatro sócios, dois dos quais pescadores – os irmãos Pinhal. Uma empresa que, ainda hoje, mantém mais de 40 métodos de produção tradicionais e que dá emprego a 111 pessoas.

«Vivemos momentos em que, cada vez mais, valorizamos a tradição, a autenticidade e a preservação de formas de produção. As pessoas gostam de design retro e privilegiam as empresas que valorizam os seus colaboradores, que os tratam como família e promovem o seu crescimento», assegura Patrícia Sousa, directora de Marketing da Pinhais. Tendências que contribuem para a relevância que a Pinhais tem junto do consumidor.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Julho de 2020 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...