Peryod: quando quatro amigas se juntam para criar uma marca feminista

Mónica De La Serna, Rita Sarabando, Mafalda Vilela e Graça Rodrigues já se conheciam há vários anos, mas foi preciso passarem por uma pandemia para encontrarem a motivação extra necessária para se lançarem num negócio próprio e em conjunto. Nascia, assim, a Peryod, marca de moda que tem como missão empoderar as mulheres e combater a desigualdade de género.

Mafalda Vilela conta que a marca surge da amizade de quatro mulheres, que queriam contribuir para algo maior do que elas próprias. Como já somavam experiência e conhecimento na área da moda e do retalho, entenderam que seria esse o caminho a seguir.

«A questão da pandemia trouxe ao de cima estas nossas inquietações e, então, percebemos que tínhamos aqui o ‘clique’ que elevava a nossa vontade de construir alguma coisa», conta a co-fundadora, em conversa com M.ª João Vieira Pinto, directora de Redacção da Marketeer.

Mas como é que a marca pode ser um agente activo do feminismo? Em primeiro lugar, através das mensagens que exibe nas suas peças de vestuário. Além disso, a Peryod doa um euro por cada venda a uma de três associações parceiras, sendo que cabe ao cliente escolher o destino do donativo.

Acompanhe a entrevista na íntegra:

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...