Pedalar a todo o gás

Por mais voltas que se dê, a Camisola Verde da Volta a Portugal em Bicicleta já é sinónimo de Rubis Gás. Durante a 81.ª edição daquela que é a prova rainha do ciclismo em Portugal, e pelo quarto ano consecutivo, a marca do sector da energia patrocinou a camisola que premeia o ciclista que alcança o maior número de pontos nas Metas Volantes da prova. Este ano, a honra coube a Daniel Mestre, atleta da W52/FC Porto.

O patrocínio da Volta a Portugal em Bicicleta absorve a maior fatia do investimento em Comunicação da marca Rubis Gás no mercado nacional. Para a Rubis Energia Portugal (subsidiária do grupo francês Rubis), este é um patrocínio que se justifica, não só pela cor (verde) comum à marca Rubis Gás, mas também pelos valores que partilha com esta competição. «É um patrocínio que surge naturalmente, não só porque o verde é a nossa cor, mas porque esta é uma camisola que premeia o esforço dos atletas que conquistam o maior número de pontos obtidos em cada etapa e nas Metas Volantes da Volta a Portugal. Esta é, também, uma forma de promovermos os valores que defendemos: a resistência e a perseverança, a resiliência e a capacidade de superação. São valores que representam o esforço que, quer os colaboradores da Rubis, quer os seus parceiros de negócio, fazem no seu dia-a-dia para assegurar a entrega das garrafas de gás da Rubis em todo o País», afirma Susana Barbosa, supervisora de Marketing e Comunicação da Rubis Energia Portugal.

Ainda de acordo com a responsável, a Volta a Portugal em Bicicleta é um «evento desportivo que vai ao encontro das pessoas, até às suas casas, percorrendo muitas localidades fora dos grandes centros urbanos e acolhendo por isso uma forte adesão das populações locais. Ora, esta é uma das características do negócio da Rubis Gás no território nacional: termos uma vasta rede de distribuição de gás em garrafa, granel e canalizado, e conseguirmos estar onde outros operadores não conseguem chegar, apostando sempre em fortalecer os laços de proximidade com os nossos clientes finais», reitera.

Pedalar por uma causa

Na edição deste ano da competição, a Rubis Gás desenvolveu vários momentos de activação de marca em todas as localidades por onde passou a 81.ª Volta a Portugal em Bicicleta, tanto nas “partidas” como nas “chegadas”, desde as dinâmicas de oferta de brindes ao público, insufláveis, baias, marcas quilométricas, à célebre carrinha pick-up com o ciclista Camisola Verde Rubis Gás. As duas mascotes da marca também marcaram presença em muitos pontos de contacto com o público, desde as esplanadas aos ecrãs gigantes, rectas das metas e presença no pódio.

Pelo terceiro ano consecutivo, a marca promoveu ainda o projecto solidário “Pedalar por uma causa”. Na Feira da Animação das Chegadas, a Rubis Gás colocou uma estrutura com bicicletas para que todos pudessem pedalar e ajudar quem mais precisa. Cada quilómetro equivaleu a cinco euros e, no final, os quilómetros acumulados nas várias localidades foram contabilizados, perfazendo um valor que será repartido por três instituições: a CAPITI, que trabalha para que crianças e jovens carenciados, com perturbações do desenvolvimento, tenham acesso a acompanhamento médico e terapêutico; a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Lisboa (APPACDM Lisboa), que promove a inclusão social de pessoas com deficiência ou incapacidade; e o Centro Social Paroquial N. Sra. da Assunção de Vila Nova de Tazém, que tem como missão proteger os cidadãos na velhice e invalidez.

Este ano, aos quilómetros percorridos pelos participantes, a Rubis Gás somou ainda os quilómetros dos três primeiros atletas que cruzaram a meta da Etapa da Volta.

O projecto “Pedalar por uma causa” foi criado em 2017 e desenhado «tendo em conta a dinâmica da Volta a Portugal, que, por ter várias etapas em diferentes localidades, nos permite envolver as populações locais numa competição saudável em que todos podem contribuir e pedalar por uma boa causa. Todos os anos, apoiamos três instituições de solidariedade social», explica a supervisora de Marketing e Comunicação da Rubis Energia Portugal. Desde o início do projecto, já foram percorridos mais de 9000 quilómetros e apoiadas nove instituições.

Movimento de aproximação

Além da activação da Rubis Gás em todas as etapas da Volta a Portugal, a marca apostou numa presença em meios que, diariamente, acompanharam a iniciativa “Pedalar por uma causa”, com reportagens em directo do local e transmissão on air, e canais digitais.

Ainda sem resultados detalhados do retorno mediático deste investimento, a marca acredita que estes «estarão em linha com o crescimento que, ano após ano, este evento tem vindo a registar». «Somos o segundo patrocinador da Volta a Portugal e, quer este ano, quer nos três anos anteriores, o balanço foi extremamente positivo e tem superado sempre as expectativas. A Volta a Portugal é um evento desportivo que potencia todas as marcas a que a ela se associam e os nossos parceiros e colaboradores sentem um enorme orgulho por fazerem parte de um evento desta dimensão e por verem a sua marca junto a outras de grande prestígio», sublinha.

De acordo com a responsável, a associação da marca Rubis Gás a uma prova como a Volta a Portugal, que percorre quilómetros e quilómetros de estrada durante 12 dias, representa uma oportunidade de contactar directamente com os clientes, de promover a marca localmente e, ainda, estar perto dos parceiros de negócio que representam a Rubis Gás de norte a sul do País. A título de exemplo, em 2018 a marca conseguiu desafiar 34 atletas da Rubis Gás – entre revendedores, colaboradores, amigos e familiares – a participarem na Etapa da Volta, uma prova de cicloturismo que todos os anos decorre no dia de descanso dos ciclistas profissionais. Este ano, este número mais que duplicou, com 70 participantes que vestiram a Camisola Verde Rubis Gás, no passado dia 6 de Agosto, na Guarda.

«A Rubis Gás é uma marca de proximidade. Queremos estar junto das populações, conhecer bem os nossos parceiros de negócio e os seus clientes, e envolvermo-nos nas suas iniciativas. Sejam estas provas de desporto, feiras ou outros eventos locais. Acreditamos que é também aqui que melhor conseguimos mostrar os valores que fazem parte do ADN de todas as empresas do Grupo Rubis em Portugal, sobretudo no que diz respeito à segurança, à responsabilidade social e à sustentabilidade ambiental», conclui a supervisora de Marketing e Comunicação da marca.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito