Pearson entra no capital da Nook Media

A editora britânica Pearson, que detém o jornal Financial Times e a editora Penguin, anunciou que chegou a acordo para adquirir uma fatia de 5% da Nook Media, a unidade responsável pelo negócio digital da cadeia de livrarias norte-americana Barnes & Noble, por 89,5 milhões de dólares (cerca de 67,8 milhões de euros).

A Nook Media é a unidade responsável pelos e-readers e tablets da marca Nook, pela loja digital da Nook, bem como por 674 livrarias universitárias da Barnes & Noble nos Estados Unidos da América. De acordo com o The Wall Street Journal, o negócio com a Pearson permite à Barnes & Noble continuar a investir na área de e-readers, que ainda não é lucrativa – isto apesar de a marca ter sido a primeira no mercado a lançar um leitor electrónico com luz integrada que permite ler no escuro, através da tecnologia Glowlight.

Em Abril passado, também a Microsoft investiu cerca de 300 milhões de dólares (aproximadamente 227,7 milhões de euros, ao câmbio actual) na criação da spin-off de e-readers da Barnes & Noble, agora conhecida como Nook Media. Com esta parceria, as duas empresas pretendem encurtar a distância para a Amazon, que lidera no segmento dos leitores digitais com a marca Kindle.

Após o acordo com a Pearson, a Barnes & Noble será dona de cerca de 78,2% do capital da Nook Media, enquanto a Microsoft terá cerca de 16,8%.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...