Para chegar a esta cerveja tem de fazer uma maratona… de intensidades

A Beck’s é uma cerveja com um índice de amargura elevado e, por isso, poderá ter alguma dificuldade em conquistar o seu mais recente mercado. A marca chegou ao Brasil, onde os consumidores estão habituados a sabores mais doces e menos fortes. Para ajudar no processo de adaptação, a Beck’s desenvolveu um starter pack que funciona como uma espécie de maratona em que a intensidada vai aumentando progressivamente.

A acção é assinada pela AKQA que conta com um português ao leme – Hugo Veiga foi recentemente nomeado global Chief Creative Officer da agência – e consiste num kit com um total de seis cervejas. A ideia é que sejam consumidas por ordem, até chegar à Becks.

Cada uma das cervejas seleccionadas tem um IBU diferente, sendo que esta é a unidade internacional para determinar o nível de amargura de uma cerveja. Skol (8), Bohemia (9), Budweiser (10), Brahma Extra Lager (13), Stella Artois (16) são as marcas que os consumidores são desafiados a provar antes de chegar à Beck’s, cujo IBU chega ao 20.

«Beck’s é uma cerveja que questiona o status quo, começando pelo mercado cervejeiro. Por isso, na nossa primeira comemoração do Dia da Cerveja no Brasil, queremos propor uma experiência sensorial que vai destravar uma nova percepção e relação do público com o universo cervejeiro», explica Felipe Hatab, director de marketing de Beck’s no Brasil, em declarações citadas pelo site PropMark.

Já Alexandre Esber, mestre-cervejeiro de Beck’s, sublinha como o paladar é uma questão de hábito, pelo que poderá ser educado. «É uma construção a partir da experimentação e dos estímulos que aquela cerveja desperta em cada pessoa e, uma vez desenvolvido, não retrocede. Por isso, um pack como esse contribui para a expansão do repertório, ao mesmo tempo que oferece ao amante de cerveja uma oportunidade de preparar o seu paladar para novos sabores e experiências dentro do universo cervejeiro», acrescenta.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...