Pandemia impulsiona Foreo em Portugal: crescimento de 85% em quatro meses

A Foreo Sweden é uma das marcas a sair mais fortes da pandemia de COVID-19. Com as lojas físicas encerradas temporariamente e a adopção de novos hábitos de consumo, as vendas online desta insígnia dedicada a beauty tech saltaram 73% no primeiro semestre de 2020, em Portugal, face ao mesmo período do ano passado. Olhando apenas para o período entre Fevereiro e Maio, o salto foi de mais de 85%.

«Actualmente, mais do que nunca, os interesses e necessidades do consumidor alteram constantemente. Devido a esta situação social extraordinária, estamos a testemunhar como o comércio digital em Portugal alcançou o ponto mais alto da história do País», comenta Evan Lai, general manager da Foreo Sweden para Espanha, Portugal, França e Benelux.

Segundo o mesmo responsável, o comércio electrónico já era uma prioridade para a marca, mas a crise sanitária veio demonstrar a sua importância. «Desta forma, conseguimos neutralizar os efeitos da desaceleração das lojas físicas», conta.

A Foreo considera ainda que o modelo omnicanal moldará o futuro da indústria da beleza e não só, pelo que é necessário adaptar a experiência de compra numa loja física ao canal online – algo que já gerou frutos durante a quarentena.

De acordo com a marca, a cliente Foreo é uma mulher (82%), que faz compras médias no valor de 150 euros e que procura essencialmente produtos de cuidado de rosto. Isso mesmo demonstram as vendas da primeira metade do ano: os dispositivos UFO 2 (lançado em Março) e UFO (lançado em 2018), para aplicação de máscaras de rosto em 90 segundos, verificaram um crescimento de vendas em 70% durante o primeiro semestre em comparação com o período homólogo.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...