Paladin pede que “Coma À Portuguesa”

“Come À Portuguesa” é o desafio deixado pela Paladin na sua mais recente campanha. Segundo a marca, não inventámos o fado e uma guitarra própria para que, agora, se coma outro ketchup que não aquele que é “à portuguesa”.

O sol de Portugal, D. Afonso Henriques e o jeito português também servem de mote para a Paladin promover os seus temperos. Em comunicado, a marca anuncia que o desafio apresentado é também a sua nova assinatura, abandonando a expressão “Temperos de Portugal”.

Ao adoptar um novo lema, a Paladin espera conferir mais emoção à sua comunicação: «Ser ‘À Portuguesa’ é algo que poucas marcas podem reclamar com legitimidade. Chegou o momento de assumirmos valores da identidade da marca que ainda não tínhamos destacado», conta Carlos Gonçalves. O administrador da empresa está a referir-se à «certeza de que em Portugal e na Paladin, fazemos tão bem como os outros e aceitamos qualquer desafio».

A nova campanha e assinatura podem ser encontradas em televisão e plataformas digitais, incluindo redes sociais, YouTube e Spotify. A Paladin espera, desta forma, conquistar o público mais jovem. Ainda no mundo online, a marca está a apostar numa estratégia de “context advertising”, o que significa que sites com conteúdos relacionados com a campanha vão apresentar um dos vídeos desenvolvidos.

A 1 de Fevereiro, os internautas podem contar também com o quizz “Que grande português és tu?” e, mais tarde, nos fins-de-semana de 18 e 25 do mesmo mês , os consumidores vão encontrar a Paladin no ponto de venda.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...