Paladin, Knorr e Margão são as marcas preferidas para dar sabor à comida

A que temperos recorrem os portugueses para dar mais sabor às suas refeições? 90% opta por especiarias, 82,2% é fã de gorduras como azeite, óleo de coco ou manteiga e 80% prefere os legumes aromáticos, como é o caso da cebola e do alho. As conclusões são do estudo inMARKET2020 da MultiDados.

A mesma análise indica que, quando o tema são molhos, Paladin é a marca preferida dos portugueses a par da Knorr, ambas apontadas por 23,2% dos inquiridos. Segue-se a Calvé, com 19,6% das respostas.

Por outro lado, no campo da notoriedade espontânea, já é a Calvé a marca em destaque (29,4%). Quererá isto dizer que é a insígnia a quem os portugueses mais associam produtos da categoria molhos. Seguem-se Knorr (28,9%), Paladin (27,2%), Hellmann’s (27,2%) e Guloso (26,7%).

Tomate (78,6%), maionese (64,3%), ketchup (60,7%), natas (58,9%) e mostarda (55,6%) são os tipos de molhos mais utilizados, sendo que carnes (28,6%), massas (25,5%) e saladas (23,6%) são os pratos que mais pedem produtos como estes. A maioria dos portugueses prefere comprar molhos em embalagens de vidro e 46,4% apenas consome, em média, uma embalagem de molho por mês.

Passando para a categoria do sal, marca branca é preferida dos portugueses (46,4%), à frente da Vatel (33,1%) e Marnoto (10,8%). Sal marinho é o mais consumido (74,1%), seguindo-se sal fino (10,8%) e flor de sal (9,6%).

Por fim, no que às especiarias diz respeito, o estudo mostra que Margão é a marca preferida (64,6%). Só depois surge a marca branca (32,5%) e a Espiga (1,3%). Neste caso, também as embalagens de vidro são as predilectas, à semelhança dos molhos.

Quanto aos tipos de especiarias mais utilizadas, os orégãos levam a taça (87%). Os lugares seguintes são ocupados por louro (76,5%), pimenta preta (75,9%), salsa (75,3%) e coentros (62,3%).

O estudo da MultiDados foi realizado com base nas respostas de utilizadores registados na plataforma online desta empresa de estudos de mercado. Os inquiridos são maiores de 18 anos, de ambos os géneros e residentes em Portugal Continental e Ilhas.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...