OLX elimina anúncios relacionados com o coronavírus

Na passada segunda-feira, dia 2 de Março, a palavra “coronavírus” tinha sido pesquisada 75 vezes no OLX. Como resposta, os utilizadores deste portal online encontraram 39 anúncios. Apenas duas semanas antes, ninguém pesquisou pelo vírus no OLX, mas se o tivessem feito teriam obtido seis resultados. Isto significa que o número de anúncios relacionados com o coronavírus aumentou 85% entre 20 de Fevereiro e 2 de Março.

Os dados são disponibilizados pelo próprio OLX, que anuncia que irá retirar todos os anúncios relacionados com o coronavírus. “A especulação inerente ao súbito aumento da procura (87%) e oferta (90%) por máscaras de protecção nos últimos 15 dias leva os responsáveis da plataforma a tomarem medidas excepcionais até que a situação volte a normalizar, explica o OLX em comunicado.

A medida tem efeitos imediatos e será por tempo indeterminado, esclarece o portal. São abrangidos todos os anúncios que já constem no OLX ou que sejam carregados a partir de agora, desde que associados directa ou indirectamente ao coronavírus. Na base desta decisão estão também os preços elevados colocados em anúncios de acessórios ligados a esta epidemia, explica ainda o OLX.

«Sendo o portal líder de anúncios classificados, e dos mais pesquisados em Portugal, sentimos a responsabilidade de agir contra o aproveitamento que algumas pessoas estão a tentar retirar desta situação e a favor da segurança dos nossos clientes (por não ser possível assegurar que os artigos anunciados estão em condições de ser utilizados)», comenta Sebastiaan Lemmens, CEO do OLX Portugal.

Os utilizadores implicados serão notificados ainda hoje sobre a eliminação dos seus anúncios activos e/ou de futuros que possam vir a publicar. Serão novamente informados quando voltar a ser possível anunciar este tipo de artigos.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...