O trabalho do futuro: Marketing Digital

Por Joana Barros, Senior Marketing Executive da Michael Page

A grande tendência do mercado laboral é a especialização, com os perfis profissionais a evoluírem para funções dedicadas a nichos concretos e assistindo-se a um leve decréscimo dos perfis generalistas.

O Marketing não é excepção, sendo que cada vez mais profissionais querem especializar-se em Marketing Digital e optar por esta carreira profissional. Se atentarmos na realidade actual e futuro próximo, a crescente escolha desta via não é surpreendente. Como vimos no nosso mais recente estudo, o “Trabalho do Futuro”, o aumento da automatização prenuncia a chegada de um cenário completamente novo de emprego. Existe uma procura crescente de interacções, que está a transformar a natureza da comunicação.  As anteriores formas de trabalho terão de ser revistas e actualizadas, sendo necessárias novas competências para manter as equipas produtivas e comunicativas.

Podemos destacar três grandes áreas de especialização dentro do Marketing Digital: E-commerce – o comércio electrónico; Mobile Marketing – actividades promocionais através de dispositivos móveis e Inbound Marketing ou Marketing de Conteúdos.

No momento de escolher a melhor opção, as dúvidas surgem e o excesso de informação pode dificultar a escolha. Deixo alguns conselhos que o podem auxiliar a tomar a decisão que melhor se adequa aos seus objectivos e perfil:

Analise as várias opções. O primeiro passo é realizar uma investigação e análise prévias, comparando todas as opções disponíveis. O curso ou mestrado deve responder às expectativas e interesses do profissional, não só quanto aos conteúdos, como também à possibilidade de adquirir competências profissionais na especialidade elegida;

Faça uma análise de mercado. Independentemente da sua vocação, será importante que analise também a viabilidade da área e as suas saídas profissionais. Verifica que as empresas estão com uma elevada procura de profissionais desta área? Ou, pelo contrário, há um excedente de candidatos e poucas oportunidades?;

Reputação do corpo docente. A reputação dos docentes pode influenciar a sua decisão, mas não deve ser considerada como a única referência. É importante complementar esta pesquisa com opiniões de antigos alunos, comentários em fóruns e valorizar a bolsa de emprego que a instituição oferece;

Curso presencial ou online. Muitas instituições permitem escolher entre um programa presencial ou online. Graças à sua ampla flexibilidade horária e preço normalmente mais reduzido, os cursos online tornam-se uma opção muito atractiva para os profissionais. Contudo, existem ainda muitos empregadores que privilegiam a frequência pessoal num curso leccionado em sala de aulas tradicional.

Custo. A faixa de preços dos diferentes cursos disponíveis de Marketing Digital é muito variável. Um preço mais elevado pode ser indicativo de um alto prestígio da instituição, uma notoriedade considerável no mercado e/ou um professor reconhecido no âmbito. Mas tenha em consideração que um custo menor não implica necessariamente um baixo nível de qualidade e não se esqueça que, em última análise, deve escolher a opção que melhor se adequa às suas possibilidades financeiras;

Aplicabilidade. Uma vez que estamos a falar de cursos de especialização, é importante que o curso tenha aplicabilidade prática e lhe transmita conhecimentos concretos e não apenas noções vagas e teóricas. Construir uma campanha de Google AdWords, gerir uma comunidade numa rede social… valorize cursos que lhe permitam experimentar na prática como é trabalhar com as diferentes ferramentas digitais.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...