O que pensam os portugueses da igualdade de género?

A maioria dos portugueses (76%) considera que a posição das mulheres na sociedade melhorou nos últimos 10 anos. Porém, apenas 28% acredita que as mulheres e homens são tratados de igual forma.

Estas são algumas das conclusões de um inquérito online realizado pela Nielsen, através da qual fica patente que a diferença de géneros continua a ser uma realidade em Portugal. Apesar de os portugueses se mostrarem preocupados com a diversidade e igualdade, 54% ainda considera que as mulheres são menos propensas a desempenhar funções de chefia e 60% afirma que as líderes femininas têm de trabalhar mais do que os homens para provarem o seu valor.

Ainda assim, 75% dos inquiridos discorda da ideia de que o lugar da mulher é em casa a cuidar da família e do lar e de que a função do homem é ganhar dinheiro. No que diz respeito ao tema trabalho e dinheiro, a Nielsen descobriu também que mais de metade dos portugueses considera que existem empregos e carreiras mais apropriadas para homens ou mulheres e que apenas 32% assume que as mulheres ganham o mesmo salário do que os homens, caso desempenhem as mesmas funções.

Relativamente à decisão de compra, o mesmo inquérito revela que 51% dos portugueses acredita que a publicidade e as embalagens das marcas deveriam mostrar também homens a tratar das crianças. Além disso, 77% admite que o facto de as empresas lutarem para combater leis discriminatórias pode influenciar a sua decisão de compra.

Em casa, a divisão do poder parece estar mais justa: 85% dos inquiridos considera que os homens têm a responsabilidade de ajudar nas tarefas domésticas, não ficando essa função apenas para as mulheres. Mais: as decisões sobre actividades de entretenimento (66%), investimentos (59%) e educação das crianças (54%) devem ser partilhadas por ambos os membros do casal, bem como a gestão financeira, compras diárias e educação das crianças.

As conclusões da Nielsen chegam apenas dias depois de a Porto Editora ter sido alvo de uma polémica envolvendo a igualdade de género entre crianças.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift