O pequeno grande citadino

Lisboa foi o palco da apresentação internacional do novo Hyundai i10 e a Marketeer pôs-se ao volante deste citadino que se apresenta com o claim “Go Big”. E a verdade é que, para citadino, é um veículo de grandes dimensões.

Comecemos pelo interior: o i10 é, efectivamente espaçoso, destacando-se o facto de ter três lugares traseiros (muitos concorrentes contam apenas com dois). É certo que, com a lotação máxima, as viagens não serão as mais confortáveis, mas quatro passageiros terão espaço suficiente para as pernas (informação com base na minha altura: 1,80 metros).

Em termos de qualidade, há uma predominância por plásticos rijos, mas com bom rigor na construção. O design é igualmente moderno e apelativo, sobressaindo um ecrã de 8”. Quanto à mala, com 252 litros, permite levar duas malas de cabine de avião, sobrando ainda espaço para mochilas e casacos.

No exterior, o i10 surge com uma imagem jovial, com linhas desportivas, uma frente agressiva e detalhes como os puxadores das portas cromados. No campo da personalização, destaque para as 10 cores disponíveis para a carroçaria que podem ser combinadas com outras duas no tejadilho.

A performance do i10 não é sinónimo de grandes velocidades, mas compensa pela sua agilidade em cidade. Pude testar o motor 1.0 MPi de 67 CV com caixa manual e, num trajecto do aeroporto até Cascais, comportou-se bem, salientando-se um consumo bastante agradável de cerca de 5/L 100km. E tem ainda vários sistemas de segurança, como o assistente de manutenção de faixa de rodagem e travagem automática de emergência, capaz de detectar peões.

Em suma, o i10 chega ao mercado com uma proposta interessante, que conjuga espaço a um design muito apelativo e com vários componentes de segurança. Quanto a preços, estará disponível apenas a gasolina, com o motor 1.0 de 67CV, sendo possível optar pela caixa manual ou automática. Os preços começam nos 12.200 euros, através de uma campanha de financiamento.

Texto Rafael Paiva Reis

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift