O novo normal também é sinónimo de corridas virtuais

Praticar desporto ao ar livre não faz parte da lista de restrições impostas devido à pandemia de COVID-19. No entanto, não é possível realizar eventos como maratonas. Talvez por isso, quatro mil participantes garantiram um lugar nas corridas virtuais promovidas pela plataforma “Corre e Ganha”, que nasceu em plena crisa sanitária pelas mãos da Luvin e com o patrocínio do Grupo Azevedos.

Mas serão o distanciamento e a segurança os principais motivos para o interesse dos portugueses nas corridas virtuais? Poderão ser parte da razão, mas há outro factor de peso a considerar: tal como o nome indica, a plataforma “Corre e Ganha” envolve também prémios para os participantes.

“Em menos de uma semana, esgotaram as inscrições nas quatro corridas virtuais”, indica a plataforma em comunicado. Corrida da Família, Corrida Biolectra e Corrida Solidária Genéricos Azevedos e Ginsactiv Sport são as primeiras provas promovidas no âmbito deste projecto, sendo que todas elas já terminaram com excepção da última. A Ginsactiv Sport consiste numa corrida de 10 quilómetros, que devem ser percorridos entre os próximos dias 10 e 17.

Quanto às recompensas, a “Corre e Ganha” esclarece que há prémios de participação que são sorteados entre todos os atletas e, ainda, prémios especiais para os primeiros lugares. São também parceiras deste projecto as marcas Optivisão, Puma, Huawei, AEG e Garnier.

Em breve, a Luvin irá divulgar novas corridas virtuais para que os portugueses possam continuar a praticar desporto em segurança e com distanciamento.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...