O futuro do calçado português passa pela sustentabilidade

“We are the FOOTure”, diz a APICCAPS – Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos na sua mais recente campanha de comunicação. Desta vez, a associação presta homenagem às raízes portuguesas e à capacidade do País explorar e conquistar mercados internacionais.

Tudo isto com as palavras de “Mudam-se os Tempo, Mudam-se as Vontades” de José Mário Branco como pano de fundo e com João Jesus como protagonista. O actor começa por aparecer numa praia de sapatos na mão, mas depressa se aventura pela floresta, na companhia de outros exploradores.

Segundo a APICCAPS, a campanha apela às raízes para indicar o futuro do sector do calçado: ao longo dos últimos 10 anos, as exportações cresceram 47%, tendo atingido um volume de negócios de 1,9 mil milhões de euros. A par disso, foram criados mais de quatro mil postos de trabalho, resultando numa subida de 11%.

Actualmente, indica ainda a associação em comunicado, o sector do calçado exporta 95% da sua produção para um total de 163 países dos cinco continentes.

A associação sublinha que a campanha destaca também a sustentabilidade como objectivo essencial para o futuro que o calçado português está a desenhar. O projecto publicitário surge, aliás, numa altura em que é lançado o Plano de Acção do Cluster de Calçado para a Sustentabilidade: um documento dividido em três eixos (Planeta, Pessoas e Empresas) e que apresenta cerca de 50 acções para tornar esta indústria líder no desenvolvimento de soluções sustentáveis.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...