O Continente está mais verde: leite e sumos passam a ter palhinhas de papel

Os pacotinhos de leite, sumos, néctares e iced teas da marca Continente já não têm palhinhas de plástico a acompanhar. A cadeia de supermercados da Sonae MC procedeu à substituição por uma alternativa mais ecológica, feita a partir de papel e reciclável.

“Com esta medida, serão produzidas menos 35 milhões de palhinhas de plástico por ano”, adianta o Continente, lembrando que até ao final deste ano todos os produtos de marca própria deixarão de ter este tipo de palhinhas. A decisão surge em linha com a directiva europeia que proíbe plásticos descartáveis já em 2021, incluindo também cotonetes e agitadores de café, por exemplo.

Segundo o Continente, um dos grandes problemas das palhinhas está relacionado com a sua dimensão e peso, “que dificultam a triagem nos centros de tratamento de resíduos”, sejam de plástico ou de outro material. Por isso mesmo, as embalagens dos produtos que já contam com a nova opção em papel apresentam também instruções sobre como deverão ser depositadas no ecoponto.

“Apesar de a palhinha ser de papel, dada a sua dimensão reduzida, recomenda-se que vá para o ecoponto amarelo juntamente com o pacotinho”, indica o Continente, esclarecendo que os centros de gestão de resíduos estão preparados para fazer a triagem dos materiais e respectiva reciclagem.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...