Novos clientes é o principal desafio das equipas de Vendas (pré e pós-pandemia)

No período anterior à chegada da pandemia de COVID-19 a Portugal, angariar novos clientes era a principal preocupação dos profissionais de Vendas (23,7%). Agora, com os próximos três meses em mente, o principal desafio que os directores comerciais e vendedores querem resolver é semelhante: 22% aponta para a prospecção de novos clientes, incluindo contactos não presenciais.

Os dados são de um estudo elaborado pela empresa de consultoria Sucesso em Vendas, que procurou conhecer a opinião de mais de mil profissionais, entre os dias 7 e 18 de Maio. A ideia é perceber quais são as situações mais problemáticas antes e depois do COVID-19 (AC e DC, respectivamente).

Olhando para a época AC, além de angariar clientes, os principais focos de preocupação das equipas de Vendas eram marcação de reuniões (21,2%), fechar vendas (20,8%), vender por telefone (12,7%), fidelização (11,4%) e negociação (10,2%).

Para os próximos 90 dias (DC), prospecção de novos clientes é a problemática em destaque, seguindo-se relacionamento e confiança dos clientes (16%) e receio dos cliente relativamente ao contacto presencial (14%). Verificam-se ainda desafios referentes a como vender num cenário de crise financeira (12%) ou como aumentar vendas (9%).

O mesmo inquérito revela que 70% das vendas acontecem a partir de visitas a clientes e que apenas 10% resultam de contactos digitais. Há também 10% via telefone e 9% através de reuniões em que são os clientes que se deslocam.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...