Novo palco e MB Way no Lisb-On 2017

Sven Väth, Nina Kravitz e Tony Allen são três dos nomes que compõem o cartaz deste ano do Lisb-On. Marcado para entre os dias 1 e 3 de Setembro, ocupará, uma vez mais, o Parque Eduardo VII, em Lisboa, transformando este espaço num jardim sonoro – conceito que tem atravessado as várias edições.

Apresentado como o festival que marca o regresso a Lisboa depois do Verão, o Lisb-On entregará a programação do primeiro dia à Red Bull Music Academy, que reunirá no mesmo espaço as suas propostas. Nos dois dias seguintes, os artistas convidados dividem-se entre dois palcos, sendo que esta será a primeira vez que haverá um palco secundário. O novo espaço permite alargar a oferta.

Novidades também nos preços dos bilhetes que, este ano, podem ser adquiridos por um valor mais baixo. O bilhete diário custa 25 euros, o passe de fim-de-semana 45 e o passe para os três dias 55. As crianças até aos 14 anos não pagam entrada no festival, desde que acompanhadas por um adulto.

Ainda no tema dinheiro, a MB Way vai marcar presença na nova edição do Lisb-On, permitindo melhorar o sistema cashless (livre de dinheiro) do evento. Isto significa que, este ano, além dos pontos de carregamento habituais, os festivaleiros vão poder carregar a sua pulseira directamente a partir do telemóvel, evitando filas.

No que diz respeito ao ambiente, e porque se trata de um festival que se realiza num jardim, a preocupação tem sido crescente. A organização está a preparar, por isso, copos reutilizáveis e personalizados com base no Lisb-On e, ainda, cinzeiros portáteis de tamanho reduzido.

Carlsberg, Delta, Red Bull, Schweppes, Somersby e Trina são as marcas parceiras da quarta edição do Lisb-On, presentes no recinto com activações. A Seat e o The Oitavos também apoiam o festival, enquanto viatura e hotel oficial, respectivamente. A imagem e grafismo do evento, por seu turno, são da responsabilidade da agência Partners.

Pelo quarto consecutivo, o Lisb-On vai ter também um lado mais solidário, associando-se novamente à Casa dos Animais. No ano passado, conseguiu angariar mais de 10 mil euros, o que se traduziu em aproximadamente sete toneladas de alimentação.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...