Nova Gastronomia dá mote a nova edição das 7 Maravilhas

A edição deste ano das 7 Maravilhas já tem tema: Nova Gastronomia. Na sua próxima edição, o evento propõe valorizar todo o sector da restauração, dar alento à produção nacional e promover as profissões e o ensino na área da gastronomia, segundo é explicado em comunicado.

Catarina Furtado e José Carlos Malato, apresentadores da RTP, serão novamente os embaixadores da iniciativa, que já elegeu as maravilhas de Portugal em termos de aldeias, praias, doces e património cultural, entre outros.

«10 Anos depois da emblemática eleição das 7 Maravilhas da Gastronomia onde honrámos a tradição do nosso receituário… Portugal mudou e fez evoluir a sua gastronomia baseada na nossa tradição culinária e na riqueza e frescura dos produtos dos nossos territórios», afirma Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas, justificando a aposta no novo tema.

Segundo o responsável, o objectivo é reconhecer a gastronomia que vai buscar inspiração à tradição e aos produtos endógenos mas que não resiste a adaptar receitas e a introduzir novos conceitos. Ao todo, serão sete as categorias a concurso: Petiscos, Pratos Vegetarianos, Pratos Veganos, Peixe e Marisco, Pratos de Carne, Cozinha Molecular e Doçaria.

As candidaturas devem ser realizadas até ao próximo dia 28 de abril, através do site oficial das 7 Maravilhas. Os 140 finalistas regionais serão votados por categoria num total de 21 programas, a realizar em directo pela RTP 1, nos meses de Julho, Agosto e Setembro. A Gala da Declaração Oficial está prevista para 4 de Setembro e contará com a dupla de embaixadores como anfitriões.

José Fragoso, director da RTP1 e RTP Internacional, afirma que «no ano mais duro de sempre para a restauração e o turismo em Portugal, a RTP1 e as 7 Maravilhas associam-se à vontade de recuperar este sector e partem desta vez à procura da Nova Gastronomia Naciona».

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...