NOS Alive é o vencedor da maratona de festivais de Verão em 2023

Já são conhecidos os resultados do Ranking Cision da Maratona dos Festivais de Verão, um estudo realizado de forma continuada pela Cision, que analisa a evolução do mediatismo de diversos festivais de música realizados em Portugal, ao longo do ano.

Em 2023, o NOS Alive alcançou o primeiro lugar, com 4.694 notícias e mais de 35 horas de exposição nas televisões e rádios nacionais. Estes números representam um aumento significativo (mais de 30%) face ao resultado alcançado no ano anterior, com destaque para o aumento de informação veiculada em meios online e na rádio.

O segundo lugar do pódio pertence ao Primavera Sound Porto com 2.421 notícias – um aumento de 54% face ao ano anterior. A maioria da informação foi veiculada por meios online, tendo a rádio e televisão registado cerca de oito horas de exposição.

O Super Bock Super Rock registou 1.906 notícias e manteve-se na terceira posição do ranking, com mais de 23 horas de exposição televisiva e radiofónica. Ainda assim, registou um ligeiro decréscimo do volume de informação face ao ano anterior.

De acordo com a Cision, a grande surpresa do ranking é a subida do MEO Kalorama, alcançando a 4.ª posição. A segunda edição do festival registou 1.831 notícias nos media e mais de 18 horas de exposição em conteúdos televisivos e radiofónicos portugueses. No ano passado, o MEO Kalorama ficou em 9.º lugar do ranking, conseguindo este ano gerar interesse mediático, permitindo-lhe ampliar a sua performance mediática.

O festival Paredes de Coura, com 1.785 notícias, desce uma posição face ao ranking do ano passado, ocupando o 5.º lugar, seguindo do MEO Sudoeste com 1.757 notícias (6.º lugar), o MEO Marés Vivas com 1.463 notícias (7.º lugar), o CA Vilar de Mouros com 1.131 notícias (8.º lugar), o Cool Jazz Fest com 967 notícias (9.º lugar) e O Sol da Caparica com 959 notícias (10.º).

Ler Mais
Artigos relacionados